34.6 C
Juruá
segunda-feira, julho 15, 2024

Operação entre polícias do Acre e da Paraíba apreende adolescente acusado de matar empresário em Rio Branco

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

Em uma operação conjunta entre as Polícias Civis do Acre e da Paraíba, um adolescente foi apreendido em João Pessoa pelo cometimento de um ato infracional análogo ao crime de homicídio. A ação, que envolveu o Departamento de Homicídios de Rio Branco e a Delegacia de Homicídios de João Pessoa, contou com o apoio da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP).

Na última quarta-feira, 26, o adolescente identificado como W.F.M.L foi apreendido em cumprimento a um Mandado de Internação expedido pela 1ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Rio Branco. O jovem é acusado de ter assassinado um empresário em Rio Branco, no dia 6 de junho, com disparos de arma de fogo.

A operação foi possível graças ao compartilhamento de informações entre as Delegacias de Homicídios de Rio Branco e de João Pessoa. As equipes de investigação da Delegacia de Homicídios de João Pessoa localizaram e apreenderam o adolescente no bairro Planalto da Boa Esperança.

De acordo com as investigações, o adolescente faz parte da facção criminosa e fugiu para a Paraíba após cometer o homicídio no Acre. Ele estava vivendo tranquilamente na capital paraibana, onde seu irmão, conhecido como “Dick Vigarista”, cumpre pena na Penitenciária de Segurança Máxima de João Pessoa por vários crimes, incluindo roubo, receptação, e corrupção de menores. Dick Vigarista também é investigado por extorsão, estelionato, falsificação de documentos oficiais, roubo e tentativa de homicídio no Acre.

Os irmãos são suspeitos de integrar uma célula criminosa especializada em roubo de veículos, adulteração e falsificação de documentos, com o objetivo de enviar os carros para a Bolívia em troca de entorpecentes. No dia 13 deste mês, Dick Vigarista, que estava foragido do Acre, foi preso em João Pessoa pela Delegacia de Repressão a Furtos e Veículos e Cargas (DRFVC).

O delegado da DHPP do Acre, Alcino Ferreira de Souza, ao comentar sobre a operação, destacou a importância da integração e cooperação entre as forças policiais dos estados. “Essa apreensão é resultado de um trabalho conjunto e coordenado entre as polícias do Acre e da Paraíba. A troca de informações e a colaboração entre as equipes foram fundamentais para a localização e captura do adolescente”, afirmou.

As investigações continuam com o objetivo de desmantelar a célula criminosa e impedir a atuação da facção Comando Vermelho nos estados envolvidos.

  • Fonte: A Gazeta do Acre.
- Publicidade -
Copiar