30.7 C
Juruá
sexta-feira, julho 19, 2024

Primeiras mulheres começam a ser operadas no mutirão Opera Mama no AC

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

Moradora do município de Bujari, Luceide de Carvalho Bezerra, 55 anos, foi a primeira paciente contemplada no mutirão Opera Mama, promovido pelo governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) e da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre).

As primeiras cirurgias realizadas na Fundhacre começaram nesta semana e devem alcançar cerca de 30 mulheres com a reconstrução mamária com prótese. A maioria das pacientes teve câncer de mama e a reconstrução do órgão era algo muito almejada por elas. É o caso de Luceide, que sonhava com essa possibilidade desde que teve uma das mamas removidas, há aproximadamente três anos.

“Sempre tive vontade de colocar meu seio. Desde 2021 eu sempre tive muita vontade. E agora eu fui chamada nesse mutirão e tô aqui firme, forte, me recuperando. Quando perguntaram se eu queria [ser operada no mutirão], eu disse ‘quero, eu quero mesmo’. Eu abracei essa oportunidade”, destacou Luceide, que ficou ainda mais feliz ao saber que foi a primeira paciente operada no mutirão. “Fico mais feliz ainda por isso. Só tenho a agradecer, primeiramente a Deus, e a eles por terem me acolhido. Estou me sentindo muito bem, muito bem acolhida. Fui bem atendida por todos, graças a Deus. Eu me sinto bem, muito lisonjeada por ter sido a primeira, pois a minha expectativa era enorme. Pense numa pessoa que estava assim, com ansiedade de chegar esse dia! Graças a Deus, esse dia chegou”, disse.

A presidente da Fundhacre, Ana Beatriz Souza, ressalta a importância do ato. “O valor de uma ação como essa é imensurável. Remover a mama mexe muito com a autoestima das mulheres e eu fico extremamente grata e feliz que o mutirão está dando certo, devolvendo a confiança a mulheres como a dona Luceide. Nossa meta é avançar cada vez mais, fazendo a diferença nas vidas das pessoas”, afirmou.

O secretário de Saúde do Acre, Pedro Pascoal, falou sobre o sucesso do mutirão e ponderou sobre a importância da união de esforços em prol da população. “O mutirão Opera Mama está correndo conforme o planejado e estamos muito entusiasmados com a melhoria de vida dessas mulheres. A maioria delas já enfrentou o câncer e agora vai ter sua autoestima restaurada para começar uma nova etapa em suas vidas. É isso que a gente preza, e não é por acaso que o nosso lema é ‘trabalho para cuidar das pessoas’”, frisou Pascoal.

- Publicidade -
Copiar