30.7 C
Juruá
sexta-feira, julho 19, 2024

Abandono do Parque Plácido de Castro é investigado no Acre

Por Nicolle Araújo, dO Juruá em Tempo.

- Publicidade -

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) abriu uma investigação para apurar o abandono do Parque Histórico e Ambiental José Plácido de Castro, um “museu” ao ar livre que conta a história da morte do herói da Revolução Acreana, o coronel Plácido de Castro, criado para ser um dos pontos turísticos do estado. O documento sobre a investigação foi publicado na edição do Diário Eletrônico desta segunda-feira, 1°.

O parque foi construído em 2008, no Seringal Benfica, local da emboscada de 9 de agosto de 1908, que terminou com a morte do coronel. A obra comemorava o centenário do acontecimento histórico.

Segundo a promotora Dulce Helena de Freitas Franco, por meio do Relatório Técnico nº 505/2023, elaborado pelo Núcleo de Apoio Técnico do órgão, o MPAC teve conhecimento de que o local estaria abandonado. Diante disso, foi instaurado um procedimento preparatório que antecede o inquérito civil para apurar as denúncias.

Além disso, a promotoria determinou o envio de um ofício à Fundação de Cultura Elias Mansour, exigindo que, em 20 dias, preste informações acerca do anteprojeto do Complexo Cultural da Lápide de Plácido de Castro.

- Publicidade -
Copiar