30.7 C
Juruá
sexta-feira, julho 19, 2024

Acusado de matar mototaxista atropelado é condenado por homicídio e omissão de socorro

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -
Vítima (E) e condenado (D) – Foto: Arquivo

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) obteve, perante a 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco, a condenação de Josemar Santos da Silva, acusado de atropelar e matar o mototaxista Lucas Fernandes dos Santos, de 25 anos. O caso ocorreu em maio de 2023, na Estrada da Floresta.

Josemar Santos foi condenado por homicídio, omissão de socorro, evasão do local para fugir da responsabilidade e direção de veículo automotor sob efeito de álcool. A pena total foi de 8 anos, 2 meses e 23 dias de prisão. O promotor de Justiça Ildon Maximiano Neto atuou no Júri.

Conforme a denúncia do MPAC, o réu, dirigindo sob a influência de álcool, atingiu Lucas dos Santos, que estava ao lado de sua motocicleta estacionada. Imagens de uma câmera de segurança mostraram o momento em que o carro de Josemar, em alta velocidade, colidiu com a vítima, que foi arremessada e morreu no local devido ao impacto.

A denúncia destacou que o acusado não prestou socorro à vítima e fugiu do local do acidente. O MPAC também apontou que Josemar agiu com dolo eventual ao dirigir com a capacidade psicomotora alterada por álcool ou outra substância psicoativa. Além disso, estava em velocidade incompatível com a segurança do trânsito e no acostamento da via.

Fonte: Agência MPAC

- Publicidade -
Copiar