Acusado de matar a tiros menina de 12 anos dentro do comércio do pai é preso pela PM

O acusado de ter matado um amenina de 12 anos, dentro do comércio de seu pai, em abril deste ano, foi preso  nesta sexta-feira (21). David de Souza Leão, de 22 anos, estava sendo procurado pela Polícia Militar  e tinha um mandado de prisão em aberto. Após uma denúncia anônima via Ciosp, uma equipe fechou o cerco contra o homicida.

Ele foi capturado no Bairro da Paz, em uma casa localizada na rua Padre Cícero. Segundo a assessoria da PMAC, David foi cercado e sem possibilidade de fuga, acabou por se entregar.

Melina Queiroz Pimentel, de 12 anos, foi morta dia 18 de abril, depois de ser atingida com um tiro na cabeça no Conjunto Ilson Ribeiro, em Rio Branco.

Informações Contilnet