Ave da Amazônia brasileira emite o som mais alto do mundo

Uma pesquisa publicada recentemente pelos pesquisadores Mario Cohn-Haft do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e Jeffrey Podos da Universidade de Massachusetts, em Amherst (EUA) mostrou que a araponga-da-amazônia (Procnias albus) emite os sons mais altos entre os animais. A pequena ave de cerca de 30 centímetros do bico à cauda e que pesa cerca de 220 gramas, aproximadamente do tamanho de um pombo-doméstico, vive no topo de montanhas da região Amazônica brasileira.

O artigo Extremely loud mating songs at close range in white bellbirds saiu na revista científica Current Biology. Conforme o estudo, os sons mais altos são emitidos pelos machos durante o acasalamento, e podem atingir 125 decibéis (dB), mais alto que o de uma britadeira, e pode ser ouvido a mais de 1,5 Km na floresta. A façanha da araponga-da-amazônia entrou para o Livro dos Recordes como o canto mais alto entre os pássaros.

  • Por Edmilson Ferreira.