Bolsonaro é questionado sobre deixar o PSL e diz que ‘seu partido é o Brasil’

RJ - BOLSONARO/RIO/EVENTO MILITAR - POLÍTICA - O presidente eleito da República, Jair Bolsonaro (PSL), participa de uma cerimônia do aniversário de 73 anos da brigada da Infantaria de Paraquedista, na Vila Militar, em Deodoro, zona oeste do Rio, na manhã deste sábado, 24. Também estão no local o General Augusto Heleno, indicado para ministro do Gabinete de Segurança Institucional, o general da reserva Fernando Azevedo e Silva, que será o ministro da Defesa, o governador eleito pelo Rio, Wilson Witzel, e o interventor federal na segurança do Rio, general Braga Neto. 24/11/2015 - Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu nesta quinta-feira, 10, que não pretende deixar o PSL. “Eu já sou casado e você quer arrumar outra mulher para mim?”, brincou o presidente, após ter sido questionado sobre para qual partido ele iria se saísse do atual.

Antes disso, depois de ter sido perguntado por repórteres sobre se iria mesmo deixar a sigla, o presidente afirmou que o seu partido é o Brasil. Depois, brincou novamente dizendo que o seu partido é a Apex, uma das entidades que promove evento do qual o presidente participou.

Acompanhado de ministros, Bolsonaro participou do Fórum de Investimentos Brasil 2019, evento realizado em São Paulo e organizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex).