Buscando melhorias para a categoria, servidores entram em greve em Cruzeiro do Sul

Na manhã desta terça-feira, 10, vários servidores da saúde se reuniram em frente a maternidade de Cruzeiro do Sul. A categoria reivindica melhores condições de trabalho e saúde de qualidade para o Vale do Juruá.

Os dois lados ameaçam não ceder, o que seria uma espécie de cabo de guerra.

Segundo o representante do Sintesac no município, Venilson Albuquerque, a equipe de Rio Branco está negociando com o governo do estado a muito tempo, e até agora eles não tem um posicionamento do governo do estado.

“Estamos chamando todos os servidores da saúde para aderir o movimento, junto com o sindicato. Eles estão encaminhando um documento para o sindicato central, e a gente vai estar aguardando esse documento pra saber o que eles vão fazer para poder nos ajudar. E a categoria vai dizer se aceita ou não aceita”, ressaltou.

A greve está acontecendo em todo estado, com reivindicações de aumento salarial e seus direitos garantidos, dentro do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR). Segundo os servidores, várias reuniões já foram feitas com o governador, e não houve o cumprimento por parte do Poder Executivo.

Com a greve, quem mais será prejudicado é a população de Cruzeiro do Sul, já que a mesma é por tempo indeterminado.

Por Gutierres Carlos, do Juruá Em Tempo.