Cadeirante morre baleado ao reagir a assalto em ônibus do DF

Um cadeirante morreu durante assalto a ônibus nesta terça-feira (29/10/2019), na BR-020, região de Sobradinho. De acordo com informações das polícias Civil e Militar, a vítima, que era passageiro do coletivo, reagiu e levou um tiro no peito. Marcílio Pereira da Silva Neto, 57 anos, não resistiu e morreu no local.

O ônibus fazia a linha 640.2 Planaltina/W3 Norte e Sul. Segundo o sargento Wellington Cruz, da PMDF, uma viatura da corporação passava no local, quando o coletivo deu sinal de pisca alerta. “Os passageiros saíram correndo, em pânico. O criminoso já havia fugido”, disse o militar.

O ladrão fugiu carregando celulares, carteiras e documentos. Cerca de 40 passageiros estavam no ônibus no momento do assalto. Testemunhas contaram que o marginal era maior de idade, usava roupa preta, boné amarelo e óculos laranjados.

De acordo com o delegado Hudson Maldonado, da 13ª DP (Sobradinho), a vítima tentou segurar o criminoso, momento em que foi baleada. “Testemunhas disseram que o bandido deu um disparo para o alto no intuito de assustar o cadeirante. A vítima, porém, não soltou e acabou levando um tiro fatal”, destacou o investigador. As equipes da PCDF se mobilizaram e estão à procura do suspeito.

  • Por Metrópoles.