Câmara de Deputados gasta mais de R$ 90 milhões com despesas médicas em seis meses

De acordo com reportagem publicada pelo Estadão, a Câmara de Deputados gastou R$ 93 milhões com assistência médica e odontológica nos seis primeiros meses de 2019. Para este ano, o orçamento previsto com este serviços é de R$ 117 milhões. Ainda segundo o jornal, em todo o ano passado foram gastos R$ 100 milhões.

Para além da assistência médica de cada funcionário da Casa, o valor inclui outros serviços, como departamento médico da Câmara e o reembolso de despesas dos parlamentares e dos servidores não cobertas pelo plano.

Atendimentos médico-hospitalares, odontológicos, fisioterápicos, psiquiátricos e home-care estão inclusos. Quem administra os convênios é o Programa de Assistência à Saúde da Câmara dos Deputados (Pró-Saúde). O serviço é prestado em todo o território nacional e os usuários têm acesso aos principais hospitais.

Mesmo oferecendo todos os serviços e tendo um mini-hospital com 70 médicos e 17 especialidades diferentes, a Câmara ainda permite que haja reembolso.

Estadão