Circo percorre mais de 3.700 quilômetros do Pará e monta estrutura em Cruzeiro do Sul

Parando de cidade em cidade, a arte circense encanta as crianças por onde passa, com apresentações de acrobacias, trapézio, malabaristas, palhaços e muitas outras atrações. O Circo Peppa, que já se apresenta pelo 5º ano consecutivo no município, está novamente na cidade. Desde Belém, no Pará, até Cruzeiro do Sul, no Acre, os artistas percorreram aproximadamente 3.716 quilômetros.

Levar alegria e diversão para população é o meio de renda e trabalho dessas pessoas, que transformam pequenos gestos em palhaçadas, movimentos em contorcionismo e equilíbrio.  Quando chegam na cidade as estruturas do circo são montadas pelos próprios artistas, que quando necessário solicitam o apoio de equipes locais. A segurança do lugar chega a ser questionada, mas os artistas garantem que o local passa por uma inspeção prévia dos bombeiros, vigilância sanitária, além de ser necessário uma autorização da prefeitura e do proprietário do terreno para montar o circo.

O artista Felipe Kennedy Marques, contou que ao longo da viagem, eles se apresentam em várias cidades. “Nós saímos de lá fazendo toda região, passamos pelo Amazonas, Rondônia até chegar aqui”, contou.

O circo tem 25 anos de existência, sendo que muitos dos participantes, na sua maioria são familiares. Entre as principais atrações estão : malabarista, monociclista, palhaços, globistas, táxi maluco, robô transformers prime, entre outras apresentações, voltadas para o público infantil e adulto. A malabarista e equilibrista Juliana, relatou que desde pequena vive no circo, e que sente uma grande alegria cada vez que visita Cruzeiro do Sul.

“Gosto muito de vir para Cruzeiro do Sul, crescemos nessa região, e cada vez que chegamos aqui é uma alegria”, falou a jovem.

O circo está montado no último portal da Avenida Mâncio Lima, e as apresentações acontecem a partir das 20h.