Comerciantes reclamam da queda nas vendas de pescado em Cruzeiro do Sul

Com o término do período de piracema, pescadores e comerciantes começam a perceber redução na procura por pescado no Mercado do Peixe, em Cruzeiro do Sul.

Segundo o comerciante José Ferreira de Jesus, a remessa de peixe demora a ser vendida e, quando vende tudo, não há lucros. Atualmente, ele vende cerca de 10 quilos de pescado por dia. “A gente passa muitos dias pra vender os peixes e quando terminar de vender, o lucro tem ido embora com o gelo e a sacola. Às vezes é muito prejuízo para o pescador”.

Já Rodrigo Silva, que trabalha com a venda de peixes de açude, explica que a pouca oferta de peixes de rio faz sua clientela aumentar, chegando a vender 100 quilos de pescado por dia. “Essa época do ano começa a melhorar por que os peixes do rio estão diminuindo, como a época de piracema está acabando, nós começamos a vender mais”.