Criminosos são presos após assaltarem mercantil e roubarem arma de policial

O monitorado por tornozeleira Edimilson Firmeza de Lima, 40 anos, e outros dois homens foram presos na noite desta segunda-feira (9), acusados de efetuar um roubo em um mercado de Rio Branco.

Policiais do 2° Batalhão receberam uma denúncia via CIOSP sobre um assalto ao Mercantil Araújo, no Bairro Belo Jardim II, onde quatro criminosos fortemente armados roubaram uma grande quantia em dinheiro e uma arma de fogo calibre .45 de um policial que estava fazendo compras no comércio com familiares. Após a ação, os criminosos fugiram em um carro.

Os militares colheram as informações sobre os bandidos e conseguiram localizar o veículo na Travessa das Mangueiras, no Ramal do Macarrão, no Belo Jardim I. Foi constatado que o carro havia sido roubado no dia 6 de dezembro, em Senador Guiomard, no interior do Acre.

Os militares então pediram apoio ao Departamento de Monitoramento do Iapen, para verificar se algum monitorado por tornozeleira esteve no local onde o veículo foi abandonado, e foi verificado que um detento esteve no local 4 minutos antes da chegada da PM.

Diante da informação, a guarnição solicitou a localização em tempo real e encontrou o monitorado Edimilson em uma residência na Rua Fialho, no Bairro Recanto dos Buritis. No local, os PMs confirmaram a participação do monitorado no roubo e, em seguida, Edimilson entregou os outros comparsas, que estariam escondidos em uma casa de tatuagem em Senador Guiomard.

A polícia foi até o local e foi recebida a tiros por 4 homens armados. Após um intenso tiroteio, dois criminosos foram presos, mas outros dois conseguiram fugir do cerco policial montado pela PM. Os dois presos foram levados à capital e disseram que esconderam alguns materiais no Belo Jardim durante a fuga após o assalto.

Os militares conseguiram encontrar dentro de matagal no Ramal do Macarrão, 3 armas de fogo, sendo 1 revólver, 1 espingarda de repetição calibre 12 e 1 submetralhadora 9mm (macaquinho), e várias munições para escopeta calibre 12. A pistola do policial também foi recuperada. Além das armas, 1 barra de maconha, 1 tablete de maconha e 2 trouxinhas de pasta base de cocaína foram encontradas e apreendida pelos PMs.Entre os parti

Os agentes encaminharam os três envolvidos no crime à Delegacia de Flagrantes (Defla), para a realização dos devidos procedimentos. O inquérito será enviado ao Poder Judiciário e os criminosos ficaram presos até o julgamento do crime.

  • ITHAMAR SOUZA, PARA CONTILNET.