Defesa de Vagner Sales já aguardava por recurso do Ministério Público Federal

A defesa do ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, que atualmente é secretário de Estado de Articulação Política, Vagner Sales (MDB), já aguardava pelo recurso do Ministério Público Federal no Acre (MPF/AC), que recorreu sobre a sentença do processo de improbidade administrativa.

Segundo a defesa, a sentença de Sales foi, em partes, favorável pois não prevê a cassação de seus direitos políticos, nem sua inelegibilidade, bem como a não proibição de contratar com poder público ou danos morais.

A Justiça Federal condenou, no início de abril, o ex-prefeito a restituir o erário federal em R$ 649.180,15 (seiscentos e quarenta e nove mil, cento e oitenta reais e quinze centavos), ao pagamento de multa civil, no valor correspondente ao acréscimo patrimonial.

A defesa de Vagner Sales já aguardava ser notificada para recorrer da decisão do juiz e apresentar contrarrazões ao pedido do MPF. Os recursos serão analisados pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), com sede em Brasília/DF.