Direção da Maternidade se recusa a receber vereadores e responder a denúncias

Na manhã desta quinta-feira, 10, vereadores da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul estiveram na Maternidade de Cruzeiro do Sul para averiguar denúncias que a população tem feito com frequência ao parlamento. O vice-presidente da Câmara, Ocenir Maciel e o vereador João Keleu tentaram conversar com o diretor da unidade, Rafael Gomes, mas não foram recebidos.

“Ficamos por mais de uma hora aguardando e não fomos recebidos, por ninguém”, disse Maciel.

Já Keleu, que tomou a iniciativa de procurar a maternidade, classificou a atitude da direção como revoltante. “A gente fica revoltado porque a Câmara é um poder do povo, não podemos ser tratados dessa forma. Vamos tomar as devidas providências”, afirmou.

A população tem procurado a Câmara de Vereadores para reclamar de goteiras, falta de médicos e irregularidades na escala de trabalho, da Maternidade.