Diretora do Huerb humilha pessoal da limpeza e é denunciada na polícia: “cão e demônios”

Cleuda Queiroz Jarzon, diretora do Setor de Laboratório do Huerb, foi denunciada à polícia por humilhar servidores da limpeza. O Boletim de ocorrência, ao qual a reportagem teve acesso, diz que Cleuda chamou as funcionárias de “cão e demônio”. Em seguida, chutou o balde lixo.

A queixa-crime foi prestada por cinco servidoras. Segundo as vítimas, esta não é a primeira vez que a diretora se exalta, alterando a voz e promovendo xingamentos em público contra servidores de hierarquia inferior. A diretora não teria gostado da mudança de horário da limpeza.

A direção geral do maior hospital do Acre não tomou providências. Cleuda não aparece ao setor de trabalho desde a última quinta-feira.

A diretora e as servidoras que se sentiram ofendidas serão ouvidas nesta segunda-feira pelo delegado da 5ª Regional.