Duas vítimas de explosão em barco no Juruá serão transferidas hoje para hospital em BH

Mais duas vítimas da explosão em uma embarcação no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, na última sexta-feira, 7, serão transferidas do Hospital do Juruá ainda nesta terça-feira, 11, para o Hospital de Pronto-Socorro em Belo Horizonte.

Os pacientes que serão transferidos são: Valdir Torquato da Silva, de 52 anos, e Francisco Luna dos Santos, 46 anos, que estava dirigindo a embarcação. Eles serão levados em duas ambulâncias do Samu até o aeroporto.

A esposa de Valdir, Jocicléia está em estado gravíssimo no pronto-socorro de Rio Branco. O filho do casal, Paulo Vitor, de 4 anos, já foi transferido para o hospital de Belo Horizonte.

A irmã de Valdir, Eliete Rodrigues da Silva, está acompanhando o estado de saúde do irmão de perto. Abalada, ela conta que chegou a perder as esperanças na recuperação do irmão, mas recuperou a fé após um sinal dele.

“Visitei ele todos os dias e falei com ele. Disse que se ele estivesse me ouvindo me desse um sinal, e ele mexeu o pé e apertou a minha mão. Desde aquele momento a minha fé aumentou. A situação esta difícil. Todos estamos sofrendo muito, os irmãos, os filhos que estão em Marechal Thaumaturgo. Estamos unidos em oração por que a situação não esta fácil, ele está em coma, mas estamos com fé”.

Das 18 vítimas do acidente, uma morreu e quatro foram transferidas para Minas Gerais. Oito vítimas do acidente seguem internadas no Hospital do Juruá, sendo que quatro estão na UTI em estado gravíssimo e outros quatro estão na enfermaria, com quadro clínico estável.