Durante protesto, servidor do Samu diz que Gladson Cameli está possuído pelo “capeta”

Durante o protesto dos servidores da saúde que ocorreu na manhã desta terça-feira (10) em frente à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o servidor do Samu, representante do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Senador Guiomar de Capixaba, Francisco Aguinaldo Martins, afirmou que o governador Gladson Cameli está possuído pelo “capeta”.

“Estou indignado com toda essa situação por conta de ameaças que vão terceirizar a saúde. O servidor não tem culpa se não tem atendimento e remédis nos hospitais. Temos que começar a orar e fazer um culto na frente do Palácio Rio Branco. Temos que pedir ajuda a Deus, pois o capeta está dentro desse governo para infernizar a vida dos trabalhadores. Vamos ter que pedir para Deus tirar o capeta desse governador”, disse.

Um grupo de mais de 50 pessoas pemanecem na frente da Aleam em protesto contra o projeto de lei que foi encaminhado para votação e que institui a criação do Instituto de Saúde do Acre, que, segundo os sindicalistas da saúde, é uma forma de terceirizar a saúde pública do Estado.

  • Com informações da Folha do Acre.