Eletrobras abre mão de ter 30% com a venda da Eletroacre

Segundo a Reuters, a Eletrobras decidiu não exercer uma opção de aumento de participação para ter até 30% do capital da Eletroacre, distribuidora vendida no ano passado para a Energisa.

Foi a própria Energisa que fez o comunicado nesta quinta-feira (30).

A concessionária de distribuição era controlada pela Eletrobras até ser adquirida pela Energisa em um leilão de privatização realizado em agosto passado. As regras da licitação, no entanto, previam a possibilidade de dívidas da distribuidora junto à Eletrobras serem convertidas em participação na empresa após a desestatização. A Eletrobras vendeu seis distribuidoras de energia no Norte e Nordeste no ano passado, todas com essa possibilidade.

  • Por Edmilson Ferreira, do AC24horas.