Em Brasília, representantes do Acre participam de programa nacional de qualidade de vida para profissionais da Segurança Pública

Representantes das forças de segurança do Estado do Acre participam em Brasília do Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública (Pró-Vida) e da 1ª Feira de Boas Práticas em Melhoria da Qualidade de Vida, entre os dias 13 e 16 de agosto.

Realizado pelo Ministério da Justiça e Secretaria Nacional de Segurança Pública, o evento tem como objetivo difundir conhecimentos técnicos nas áreas de atenção biopsicossocial, de valorização profissional, de saúde e segurança no trabalho dos profissionais de Segurança Pública, além de compartilhar lições aprendidas, por meio de discussões em grupo, sobre os temas.

“Esse é um momento de trocas de experiências, que estão dando certo em outros estados e que podem ser aplicadas no Acre. Nós também apresentamos algumas nossas que foram bem acolhidas e retornaremos com boas notícias e novidades para o Acre”, destacou o diretor da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública,  Joelson Dias.

Realizado pelo Ministério da Justiça e Secretaria Nacional de Segurança Pública, o evento conta a participação do ministro Sérgio Moro.

Instituições de Segurança Pública de todos os estados brasileiros participam da Feira de Boas Práticas. A major Cleifa Alves que representa a Polícia Militar do Acre, apresentou o trabalho desenvolvido pela Policlínica no estado.

“O tema do nosso trabalho foi o acompanhamento psicossocial que vem sendo desenvolvido nas unidades da PMAC, e trouxemos até o evento. Aqui é possível absorvermos outras boas práticas das polícias militares, instituições de segurança de outros estados e levarmos para o Acre, a fim de contribuir com a qualidade de vida da nossa polícia”, completou.

Para o gerente de gestão de pessoas do Iapen, Frank Goldenberg, o evento é uma oportunidade de conhecer a realidade da segurança pública no âmbito nacional. “Aqui está sendo possível conhecer as dificuldades de outros estados, ver também onde podemos melhorar, onde podemos avançar, compartilhando as diversas experiências e aperfeiçoar a nossa rotina, para termos uma melhor prestação e qualidade nos nossos serviços”, finalizou.

Com informações da Agência de Notícias do Acre.