Gladson assina carta de intenções reafirmando ações de integração entre Acre e Peru

Como parte das atividades em Caquetá na Colômbia, o governador Gladson Cameli, assinou com o governador regional de Ucayali, no Peru, Francisco Antonio Pezo Torres, um declaração de interesses para uma interconexão, para dar continuidade ao cronograma de ações programadas para este ano com o objetivo de conquistar a integração econômica e social entre os dois territórios fronteiriços.

Através do documento, Cameli manifestou interesse da parte do Acre em dar continuidade aos projetos de construção de uma ferrovia entre as cidades de Cruzeiro do Sul com um porto da costa peruana, passando por Pucalpa, região de Ucayali.

Na reunião foram discutidas as buscas de fontes econômicas que cooperem com estudos acerca da preservação e do projeto de interconexão da ferrovia, preservando o meio ambiente e o direito das populações tradicionais.

O chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, também participou da reunião e com o governador Gladson Cameli, tomou conhecimento do contato do governo de Ucayali com CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina, através do economista Luis Carranza Ugarte.

“Através do contato que estamos tendo com o CAF, observamos que existe interesse em analisar a possibilidade de financiamento para estudo de preservação, e por isso agradecemos o governador Gladson Cameli em manifestar interesse nesta proposta de integração”, disse Francisco Pezo.

O governador Gladson lembrou que o Acre tem uma relação consolidada com o Peru e a integração é um desejo de toda população brasileira e peruana.

“Temos conhecimento dos entendimentos bilaterais entre o Acre e o Peru, inclusive do diálogo aberto entre os municípios de Santa Rosa do Purus e Puerto Esperanza cujo objetivo é desenvolver o eixo comercial entre Cruzeiro do Sul e Pucalpa, tendo criado uma Secretaria Técnica do Estado do Acre e do Governo do Peru. Estamos levantando em que condições se encontram esses acordos, e estaremos atuando no sentido de reforçar cada vez mais nossa relação com nosso vizinhos peruanos”, disse Cameli.

O acordo de cooperação entre o Acre e o Peru, datado do ano de 2009, apresenta ainda um compromisso entre a República Federativa do Brasil e a República do Peru para o estabelecimento das zonas de integração fronteiriça Brasil-Peru.

Por fim, Gladson Cameli assinou, juntamente com o governador Francisco Antonio Pezo, uma carta endereçada ao presidente do CAF, Luis Carranza Ugarte, solicitando a análise da possibilidade de estudos ambientais acerca da construção da ferrovia que pretende fortalecer a relação social e econômica entre os dois países.

“Temos todo interesse em unir nossos povos, e principalmente oferecer a eles condições de vida digna e um futuro melhor para as próximas gerações”, finalizou Cameli.

Secom