Gladson Cameli envia pedido de empréstimo para Aleac na ordem de R$ 268 milhões junto ao Banco do Brasil

O governador Gladson Cameli (PP) enviou para Aleac, no final da tarde de hoje (8), um projeto de lei que visa pedir autorização dos deputados para a contratação de um empréstimo na ordem de R$ 268 milhões junto ao Banco do Brasil. A União é a fiadora do empréstimo.

De acordo com a mensagem governamental, todo esse recurso será destinado para financiar projetos nas áreas de integração, imobiliário público, habitação, saneamento, saúde, educação e produção. A ideia do governo é alcançar as metas previstas “no eixo de Infraestrutura do Plano Plurianual (PPA 2020-2023)”.

“Os recursos garantirão a construção, manutenção, conservação e revitalização dos espaços públicos, além de oportunizar o acesso à moradia digna e regularizada às pessoas que se encontram em vulnerabilidade social nas áreas urbanas e rurais, atuando na construção, reforma, ampliação e conclusão de moradias”, pontua a Mensagem 1.496 enviada pelo governo à Aleac.

O governo diz, ainda, que “Serão viabilizadas as rotas do desenvolvimento do estado, através da ampliação, conservação e modernização da infraestrutura dos modais terrestres, fluviais e aéreos, visando a integração local, regional e internacional para aumentar a eficiência na movimentação de pessoas e mercadorias no Estado, propiciando um cenário atrativo a novos investidores para o estado e fomentando o comércio e os serviços de economia local.

Em maio deste ano, a Secretaria de Estado de Fazenda informou à Aleac que o Acre devia R$ 3 bilhões 735 milhões, com 35 empréstimos, sendo 30 da moeda do real e 5 em dólar.