Governo apresenta pacote da previdência sem consultar servidores públicos

O governo do Estado apresentou nesta terça-feira, 5, três propostas referentes a Previdência Social: Emenda Constitucional, Previdência Complementar Privada e Previdência dos Servidores Públicos. Uma das propostas cria o fundo e altera o regime da previdência estadual. O deputado estadual Edvaldo Magalhães (PC do B) pediu cautela na discussão dessas propostas.

“Não estamos dispostos aos atropelos. Não podemos mudar a vida de mais de 40 mil servidores públicos estaduais sem a devida discussão”, disse.

Daniel Zen (PT) declarou estar preocupado com a falta de conhecimento dos sindicatos. “Me preocupa saber que os sindicatos não foram ouvidos, que isso não foi construído junto com os trabalhadores, que eles nem ao menos sabiam da tramitação dessas propostas”, ressaltou.

Por sua vez o deputado Jenilson Leite (PSB) sugeriu que fossem realizadas audiências públicas para discutir os projetos. “Deixo aqui registrado a minha indicação para realização de duas audiências públicas: uma para discutir a Reforma da Previdência e outra para discutir a criação do Estatuto do Servidor”, concluiu.