Governo Federal libera dinheiro para recuperar apenas 60 km da BR-364 no Acre

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) só tem recursos para recuperar 60 km dos mais de 630 km da BR-364, que liga Cruzeiro do Sul a Rio Branco. A estrada que se encontra em situação crítica, pode deixar os municípios da região isolados, o número de caminhões e carros quebrados ao longo da pista é grande.

O superintendente do Dnit, Carlos Moraes, afirma que o governo Federal só liberou R$ 50 milhões, recursos conseguidos pela bancada federal, e que o ideal seria recuperar pelo menos 80 km este ano. “Vamos restaurar 60 km e no restante, faremos tapa buracos, remendo profundo, limpeza, roço e capina”, afirmou.

Após a construção total da BR-364, entre o início dos anos 2000 e 2013, pelo governo do Estado, a responsabilidade de manutenção da rodovia foi para o Dnit, órgão da União. Muitas reclamações eram feitas sobre o trabalho que o governo acreano havia realizado e ação do Dnit foi dita como salvadora da pátria por parte da sociedade.

Depois de quase dois anos após se tornar responsável pela estrada, o Dnit começou obras de recuperação e manutenção em 2017. “Essas ações no início da obra são fundamentais para que a partir desse período as obras não cessem e seja garantido à população um trabalho de qualidade na BR-364”, chegou a afirmar Thiago Caetano, na época o Superintendente Regional do Dnit na época, e hoje supersecretário de Infraestrutura do governo do Estado.

O resultado deste trabalho não chegou a se tornar, de fato, de qualidade. Como é possível observar ao percorrer a rodovia neste ano de 2019. Trechos que tiveram sua manutenção finalizada no meio do ano passado, como o entre a cidade de Tarauacá e o Rio Gregório, estão quase destruídos.

Com informações do AC24h