Homem que se enforcou dentro da delegacia tinha transtornos psicológicos, diz delegado

Alan Souza Silva, de 35 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, 15, depois de se enforcar dentro da delegacia geral de Cruzeiro do Sul.

Segundo o delegado Alexnaldo Batista, o homem estava sozinho na cela quando cometeu o ato. “É uma situação clara de suicídio. Ele pegou as próprias roupas, fez uma corda, amarrou no pescoço e se matou”.

Silva, que já tinha passagem pela polícia, foi preso após ameaçar a própria família com um terçado.

Ainda de acordo com informações apuradas pela investigação, Alan tinha problemas psicológicos e já teria tentado tirar a própria vida outras vezes.

“Ele já tinha um histórico de tentativa de suicídio, então é uma situação que a gente acredita que ele já vinha tentando. A informações que temos é que ele vinha tendo surtos. A ex-companheira tinha comunicado que ele tinha problemas psicológicos”.