Mara Rocha denuncia que pacientes com tuberculose são tratados juntos com transplantados e portadores de HIV

Em ofício dirigido à Secretária de Saúde do Acre, a Deputada Mara Rocha solicita providências para que o Serviço de Assistência Especializada – SAE, providencie instalações separadas para o tratamento de pacientes com tuberculose.

A parlamentar relata que visitou as instalações do Serviço, na Fundação Hospitalar, e constatou que os pacientes com tuberculose recebem tratamento no mesmo ambiente, fechado e climatizado, em que se encontram pacientes transplantados e portadores de HIV/AIDS.

Mara Rocha afirmou que esse modelo fere normas do Ministério da Saúde, além de colocar em risco a vida de pacientes transplantados e portadores de HIV: “Constatei que pacientes transplantados, com baixa imunidade por conta dos medicamentos, e pacientes portadores de HIV/AIDS, recebem tratamento no mesmo ambiente que pacientes com tuberculose, que é uma doença altamente contagiosa. Isso é alarmante, pois coloca em risco a vida de todos”.

No mesmo ofício, Mara Rocha pontuou que recebeu denúncias de que já ocorreu a transmissão de tuberculose em funcionários, médicos e pacientes transplantados.

“Entendo que é necessário se reservar um espaço aberto, específico para o tratamento dos pacientes com tuberculose, separando-os dos pacientes com enfermidades que provoquem baixa imunidade”, afirmou a parlamentar tucana.

Assessoria