Marina Silva critica Bolsonaro após ataques a pai de Bachelet: “Inaptidão”

Brasília - Marina Silva da Rede Sustentabilidade lança a campanha Nem Dilma Nem Temer, Nova Eleição é a Solução (Elza Fiuza/Agência Brasil)

A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva criticou os ataques feitos pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao pai da alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Michelle Bachelet. De acordo com a imprensa nacional, a candidata à presidência nas últimas eleições chegou a falar em inaptidão.

“Ao Presidente, falta decoro. Age sem considerar a dignidade institucional do cargo que ocupa. Ataca continuamente usando a velha e agressiva estratégia dos ataques como forma de defesa. Sua inaptidão ao cargo da Presidência é gritante”, diz no Twitter.

Na ocasião, o presidente afirmou que Michelle Bachelet se intromete nos assuntos internos e na soberania brasileira, “investe contra o Brasil na agenda de direitos humanos (de bandidos), atacando nossos valorosos policiais civis e militares”.