Microempresária reclama de prejuízos durante realização da Expoacre Juruá

Com a chegada da Expoacre Juruá, que este ano será realizada na Avenida Coronel Mâncio Lima, alguns microempresários do local, procuraram o Jornal Juruá Em Tempo, para reclamar sobre os prejuízos que terão nas quatro noites de exposição. Segundo uma delas, a proprietária de um bar, Leide Alves, o novo espaço definido pelos organizadores nos últimos dois anos, tem trazido prejuízo, já que o fluxo de pessoas é bem inferior.

“Todos ficam no espaço onde acontece a exposição, e aqui, onde funciona meu estabelecimento, não passa quase ninguém, e isso faz com que tenha apenas prejuízo, durantes as noites em que acontece o evento”, ressaltou.

A microempresária reclamou ainda do Sebrae. Segundo ela, teria procurado a instituição para solicitar uma barraca de vendas na exposição, mas lá, não recebeu boas notícias, já que a concorrência por este espaço é grande.

“Deveriam priorizar a gente que mora aqui, que trabalha aqui a muito tempo. Enquanto isso, apenas alguns irão lucrar e a gente, vai ficar nesse espaço vazio, sem nenhum fluxo nem expectativa de vendas”, finalizou.

Vale ressaltar que, a Expoacre Juruá será realizada por meio de parceria entre o Governo do Estado e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Associação Comercial e prefeitura de Cruzeiro do Sul.