Mônica Feres e Coronel da Saúde serão exonerados

Vai cair o trio! Mônica Feres, secretária de Saúde, o Coronel Jorge Rezende, e o capitão da reserva do Exército, Faustino Marques, não vão continuar no comando da Sesacre, informou ao Notícias da Hora uma fonte do Palácio Rio Branco na noite desta quinta-feira (31)

De Brasília, Rezende disse por telefone com tom de humor ao Notícias da Hora que estava embarcando para Rio Branco e que vai aguardar a publicação do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, 1, para saber se vai ou não ser desligado do cargo.

“Vou olhar o Diário Oficial amanhã. Estou em Brasília voltando a Rio Branco para trabalhar”, afirmou.

Marcos Faustino Marques, capitão da reserva do Exército brasileiro, encaminhou nesta quinta-feira ao governador Gladson Cameli seu pedido de desligamento do cargo de secretário adjunto de Assistência à Saúde da Sesacre. O pedido de Faustino ocorre por questões pessoais.

A secretária não tem a simpatia dos sindicatos, dos servidores efetivos e comissionados e sua postura fechada e sem diálogo tem desagradado inclusive o governador Gladson Cameli, que perdeu a paciência.

Mônica assumiu a Saúde em junho deste no lugar de Alisson Bestene para tentar “despolitizar” e melhorar de uma vez por todas o setor, porém não conseguiu cumprir sua meta.

O governador Gladson Cameli ainda não se pronunciou oficialmente. Nesta quinta-feira, ele disse em entrevista que não tem substitutos para o comando da Saúde.

Mônica e Rezende devem encaminhar seus pedidos de exoneração na segunda-feira.

Já Lauro Melo, também coronel do Exército, deve permanecer na presidência da Fundação Hospitalar do Acre.

Informações Luciano Tavares – Notícias da Hora