Neymar revela torcida no Mundial de Clubes: “Fico com Mengão”

O Paris Saint-Germain venceu o último compromisso da fase de grupos da Liga dos Campeões, aplicando uma goleada de 5 x 0 sobre o Galatasaray, nesta quarta-feira (11/12/2019). Neymar foi um dos personagens principais deste triunfo e, ao final da partida, ele deu entrevista e revelou que irá torcer pelo Flamengo no Mundial de Clubes.

“Tenho amigos nos dois (Flamengo e Liverpool). Firmino, Fabinho e Alisson são grandes amigos, o Flamengo tem Gabriel, Rafinha, Diego, Filipe (Luís)… mas acho que vou ficar com o time brasileiro. Vou ficar com o Mengão.”

E completou: “Sou brasileiro, espero que eles possam terminar esse grande ano, fechar esse ano com chave de ouro. Fizeram história já, espero que possam continuar fazendo e ser campeão mundial”, revelou ao Esporte Interativo.

Sempre vale lembrar que a final entre ingleses e brasileiros ainda não está definida, mas o craque, assim como muitos amantes do esporte e torcedores do Flamengo, contou estar na torcida para que o confronto aconteça. “Espero que seja essa a final.”

Conselho de cunhado

Ao final da entrevista, Neymar foi questionado sobre o momento decisivo da carreira de Gabigol, jogador do Flamengo e namorado de sua irmã Rafaella. O artilheiro do rubro-negro ainda não decidiu se seguirá vestindo vermelho e preto ou partirá para outro clube.

“(Gabigol) É um menino que eu gosto muito. A gente já jogou no Santos juntos, nas Olimpíadas, então tenho um carinho muito grande por ele. Outro dia eu conversei com ele sobre isso… espero que ele seja feliz, independente da decisão que ele venha a tomar. Você tem que estar feliz, tem que estar com o coração em paz, porque futebol ele tem pra jogar em qualquer lugar do mundo. Eu acho que, dando a oportunidade, dando crédito pra ele, confiando no que ele pode fazer dentro de campo… eu acho que em qualquer time o Gabriel pode jogar.”

Comemoração polêmica

Depois de voltar a jogar após tanto tempo recuperando de lesão e os pedidos de sair do Paris Saint-Germain, Neymar voltou a jogar, marcar gols e, ultimamente adotou nova comemoração. O brasileiro coloca o dedo indicador na boca, em gesto de pedir silêncio e com a outra mão parece pedir calma.

O ato levantou dúvidas de se ele estaria querendo calar a torcida francesa, que passou a vaiá-lo em todos os jogos do time que o craque entra em campo. “Não estou querendo provocar nada”, explicou ele.”

“Isso é comemoração entre eu e alguns amigos. É a minha nova forma de comemorar. É uma forma de esquecer o lado de fora. Falar menos e jogar mais, isso que é o mais importante.”

Fonte Metrópoles.

loading...