No corredor, paciente aguarda atendimento cardiológico desde terça-feira no PS de Rio Branco

Enquanto a secretária de Saúde Mônica Machado e o deputado José Bestene (PP) travam uma batalha medieval para medirem forças, assistidos de perto pelo governador Gladson Cameli (PP), mais uma denúncia de descaso chega à redação do Notícias da Hora.

Se ontem o problema era no novo Pronto Socorro, hoje a situação não é diferente no antigo PS. Um cenário de guerra está instalado ali. Mais fotos foram enviadas à nossa redação. São corredores abarrotados de enfermos. Uns em macas, outros tomando medicação em cadeiras comuns, sem nenhuma dignidade humana para um doente.

Entre tantos pacientes nos corredores da observação adulta, se destaca o caso do senhor Mauro Sérgio, 47 anos. Enviado de Xapuri com suspeitas de infarto, até o fechamento dessa edição, hoje pela manhã, nenhum cardiologista esteve na unidade para avaliá-lo. Ele está no Pronto Socorro deste a última terça-feira, conforme relato da filha, Ana Katriny, que o acompanha.

Angustiada, a filha desabafa: ”eu não me importo com leito, eu só quero que venham examinar ele é nos informar algo sobre a saúde do mesmo, Dr. falou para retirar a sonda, e de fazer alguns exames pois a mesma apenas falou verbalmente e não prescreveu nada, estamos aqui sem saber o que fazer, pressão muito alta todo tempo, muita dor, e ninguém faz nada, as pessoas gritam de dor nesses corredores e ninguém faz nada a não ser passar uma Dipirona e esquecer que os pacientes existem, são 4 técnicos para mais de 30 pacientes, tem paciente em pé, paciente no chão paciente de todas as formas pois não tem maca suficiente para os enfermos, GOVERNADOR cadê a melhoria que tanto fala ? Cadê a saúde de primeiro mundo ? Vivem dizendo que não existe paciente nos corredores do Hospital, venha você mesmo ver com seus próprios olhos, pois existe aglomeração de pessoas, cadê os médicos que até agora não vieram examinar nenhum paciente dos corredores isso é um descaso com a população”.

Informações Notícias da Hora