NOVO CASO: Presidente de bairro denuncia alta no preço de gêneros alimentícios em Cruzeiro do Sul

O caso se repete. Lamentavelmente, em Cruzeiro do Sul. A classe empresarial segue com destaque negativo, já que em alguns comércios, supermercados e distribuidoras, o abuso ao consumidor segue acontecendo descaradamente.O município não conta com o Procon, órgão responsável por esse tipo de fiscalização.

Desta vez, o presidente do bairro do Remanso, utilizou sua rede social no Facebook para denunciar o aumento no preço de alguns utensílios alimentícios. Segundo ele, gêneros alimentícios como arroz, açúcar e óleo, tiveram um aumento significativo no seu valor, se comparado a dias atrás, em uma determinada empresa.

Acompanhe a publicação:

loading...