Petista diz que Bolsonaro e Gladson são culpados por fumaceiro ao incentivar crimes ambientais

O vereador petista de Rio Branco, líder da prefeita na Câmara, Rodrigo Forneck, usou a tribuna da Câmara Municipal para criticar os governos federal e estadual pelo aumento da fumaça oriunda dos focos de queimadas.

Forneck frisou que o desastre ambiental é fruto da sensação de impunidade que se criou após discursos oportunistas dos dois governos ao incentivar crimes ambientais e garantir a não punição dos culpados.

“Quando eu chego e digo que podem queimar que não serão punidos eu levo a isso que está acontecendo agora”, diz, ao referir-se ao aumento no número de focos de calor registrados nos últimos dias em Rio Branco.

Forneck alfinetou o governador Gladson Cameli ao citar que o estado que mais tem queimado é justamente Rondônia, estado apontado como modelo dê agronegócio e suposto desenvolvimento a ser copiado.

“Onde mais se está queimando é justamente Rondônia apontada como modelo de agronegócio. Essa política que não tem compromisso com o meio ambiente leva a isso”, frisou ao citar o exemplo de São Paulo ter sido coberta por fumaça oriunda do Norte na última segunda-feira (19).

Folha do Acre