Polícia prende obreiro de igreja que aplicava golpes em Rio Branco

Um trabalho de investigação dos agentes de Polícia Civil resultou na prisão do obreiro de uma Igreja Evangélica “Cristo em Cura e Libertação”, Leonardo Ribeiro, de 26 anos, na manhã desta quarta-feira (11), na Vila do Incra, no município de Porto Acre, pelo crime de estelionato e falsificação de documentos.

De acordo com o delegado Alcino Júnior, Leonardo Ribeiro foi preso através de um mandado de prisão preventiva e busca e apreensão nas primeiras horas de hoje em sua residência. O obreiro teve nove boletins de ocorrências registrados por agir aplicando golpes em postos de combustíveis em Rio Branco, por simular vendas de terrenos e objetos na tentativa de enganar as vítimas.

“Na maior parte das vezes, Leonardo encomendava grandes quantidades de combustível em postos e, após simular uma transferência bancária, conseguia a liberação do produto que já estava com comprador, de boa fé, acertado que pagaria pelo material. Nos outros casos, simulou vendas de terrenos e objetos atuando de forma a ludibriar as vítimas. O autor residia na Vila do Incra, onde também era pastor/obreiro de uma igreja evangélica”, disse o delegado.

Alcino informou ainda a reportagem do ac24horas, que autor dos crimes usava a conta bancária de uma enteada de 3 anos para receber o dinheiro. “O mais curioso é que o autor usava a conta bancária de sua enteada para depositar os proveitos do crime, incidindo assim no crime de lavagem de capital, na modalidade ocultação de bens. Ele também será indiciado pelos crimes de estelionato e falsificação de documento”, concluiu.

O criminoso foi preso e está na delegacia a disposição da justiça.

  • Por David Sahid, do AC24horas.