Prefeito Isaac Piyãko fortalece agricultores locais com compra de merenda escolar

A prefeitura de Marechal Thaumaturgo está garantindo a compra de mais de 50% da merenda escolar direto com os agricultores familiares. O investimento de R$168.000,00 contribuiu para o fortalecimento da produção local e da alimentação dos alunos, com coisas mais saudáveis.

O anúncio deste avanço, conquistado pela administração do prefeito Isaac Piyãko, foi anunciado na última sexta-feira, 30, em um encontro com os produtores na cidade. A ação faz parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O trabalho realizado por Isaac possibilitou o aumento do número de famílias agricultoras participantes neste ano de 2019, saltando de 38 para 77. Isto representou um aumento significativo também no investimento que está sendo realizado, ou seja, mais dinheiro circulando na comunidade.

O programa, que existe no município desde 2009, teve grandes inovações no sistema por parte da atual administração da prefeitura, possibilitando pagamentos individuais para cada produtor. Isaac aponta a importância que o programa  exerce na distribuição de renda do município, principalmente para os moradores da zona rural.

Para o prefeito, além de fomentar a economia local isso dará a oportunidade dos alunos consumirem produtos 100% naturais e orgânicos, aumentando a qualidade de vidas das crianças e jovens. “Para que esse trabalho aconteça e atenda cada vez mais as demandas das escolas e das famílias que fornecem o produto, é necessário uma gestão responsável que administre com eficácia esse recurso”, afirmou Isaac.

Na grade de alimentos que serão fornecidos está, banana, batata, açaí, melancia, laranja, tangerina, feijão, galinha caipira, mandioca, polpa de frutas, caldo de cana, milho verde, jerimum, arroz regional, dentre outros produtos.

Durante o encontro também foi debatido as metas que necessitam ser alcançadas, pelas 77 famílias, além de quais serão os novos produtos inseridos a partir da próxima edição do PNAE no município, como forma de preparar os produtores para fornecer novos alimentos no próximo ano.