Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza encontro de mães do Programa Criança Feliz na Vila Lagoinha

Iniciado na gestão do prefeito Ilderlei Cordeiro, o Programa Criança Feliz beneficia inúmeras famílias cruzeirenses tanto da zona urbana quanto rural. Nesta quarta-feira, 4, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e parceiros, realizou mais um encontro de mães na Vila Lagoinha.

As mães foram recepcionadas com um coquetel e ganharam um book fotográfico. As gestantes também receberam informações sobre práticas saudáveis no período da gravidez e pós-parto. “É muito gratificante ver a alegria dessas mães. Somados aos nossos esforços se junta o Programa 1.000, Dias da Pastoral da Criança, com quem reafirmamos nossa parceria”, salientou o perfeito Iderlei Cordeiro.

As ações do Criança Feliz são promovidas por meio de parceria entre o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Secretaria Municipal de Saúde, Pastoral da Criança, entre outras instituições.

“Já atendemos um total de 55 gestantes, divididas em três grupos, sendo umas da Santa Luzia, outras da cidade e agora da Vila Lagoinha. É um projeto lindo e importante, que nós pretendemos expandir para outras comunidades. Agradeço a parceria da Secretaria de Saúde, Pastoral da Criança e toda a sensibilidade do prefeito Ilderlei”, endossou a secretária de Desenvolvimento Social, Keiliane Cordeiro.

Para a grávida Artemisia Claudino, a atividade promove conhecimento. “Aprendi a forma correta de amamentar e os cuidados que devemos ter. Além disso, podemos compartilhar nossas experiências umas com as outras e receber o auxílio de profissionais especializados”, disse.

A subprefeita da Vila Lagoinha, Fabiana Miranda, agradeceu a Prefeitura pela ação. “É muito satisfatório ver o benefício chegando aqui, graças ao comprometimento do nosso prefeito Ilderlei que não tem medido esforços para melhorar a nossa qualidade de vida”.

Programa Criança Feliz

O Criança Feliz foi implementado na gestão de Ilderlei Cordeiro, em 2017. A iniciativa atende as mães, desde o primeiro mês de gestão até os primeiros 3 anos de vida da criança.

Assessoria