Preso com esteroides e anabolizantes, garçom pode pegar até 15 anos de prisão

O garçom Wendhel da Silva Rodrigues, de 26 anos, foi preso na terça-feira (9) por agentes da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) com uma grande quantidade de anabolizantes e esteroides.

Os produtos que estavam na casa do jovem, que também é acadêmico do curso de nutrição de uma faculdade particular de Rio Branco. E eram comercializados a frequentadores de academias na capital.

Wendhel foi preso no momento em que buscava mais uma encomenda nos Correios da Via Verde. A pena para quem comercializa esses produtos é de 10 a 15 anos de cadeia por crime contra a saúde pública.

Por Marco Dione.