Rio Branco é a capital onde os homens menos bebem cerveja e pinga, diz pesquisa

Em mais um dos pontos abordados pela Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), Rio Branco aparece como uma das capitais com menor taxa de consumo de bebida alcoólica entre os homens.

Os dados foram publicados nesta quinta-feira (25) pelo Ministério da Saúde.

Neste estudo, foram ouvidos 524 homens e pouco mais de 104 assumira fazer o consumo de bebidas alcoólicas. Esse percentual é ainda mais baixo entre as mulheres ouvidas na pesquisa. Das 937 mulheres ouvidas, apenas 11% ingerem bebida alcoólica, pouco mais de 100.

As entrevistas telefônicas feitas pela Vigitel foram feitas entre janeiro e dezembro do ano passado. As maiores frequências desse uso, entre homens, foram observadas em Palmas (32,5%), Salvador (31,6%) e Florianópolis (31,0%) e, entre mulheres, em Salvador (16,7%), Belo Horizonte (16,4%) e Vitória (15,5%).

Já as menores taxas no sexo masculino foram registradas em Porto Alegre (18,3%), Manaus (19,9%) e Rio Branco (20,2%) e, no sexo feminino, em João Pessoa (7,4%), Curitiba (7,9%) e Natal (8,0%).

Com informações do G1