Rio de Janeiro e Acre tem as gasolinas mais caras do país

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 26/06/2012. Movimento de clientes nos postos de gasolina da zona sul do Rio de Janeiro. O reajuste de preços dos combustíveis foi mal recebido pelo mercado, que penalizou as ações da Petrobrás em quase 8%. - Crédito:MARCOS DE PAULA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Codigo imagem:119451

Os estados de São Paulo e Santa Catarina apresentaram o valor médio do litro mais barato da gasolina em todo país. Por outro lado, Rio de Janeiro e Acre são os estados com o litro mais caro. Contrariando a previsão, o ataque com drones contra infraestruturas petroleiras na Arábia Saudita ocorrido em setembro praticamente não interferiu no preço da gasolina comum no Brasil.

Em setembro, o valor médio do litro do combustível no país foi de R$ 4,524. Dessa forma, mantendo-se praticamente estável em relação ao mês anterior (variação positiva de +0,15%). Em agosto, de acordo com levantamento da ValeCard, o preço médio registrado foi de R$ 4,513.

Com valores médios de R$ 4,049 e R$ 4,157, respectivamente, Santa Catarina e São Paulo mantêm-se no topo do ranking dos preços mais baratos do país. Obtidos por meio do registro das transações realizadas em junho com o cartão de abastecimento da própria companhia em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados. Além disso, os dados mostram que Acre e Rio de Janeiro também permanecem como os estados com o combustível mais caro – R$ 4,982 e R$ 4,894, respectivamente.

Confira o levantamento completo:

Por Edmilson Ferreira.