Roberto Duarte rebate declaração de Gladson e afirma que continuará com mandato independente

Após a declarações do governador Gladson Cameli, que afirmou ao Blog do Crica no site ac24horas, que chamará todos os dirigentes dos partidos que fazem parte de sua base, principalmente do MDB, para uma conversa.

O governador afirmou “que não aceita apoio pela metade”, se referindo indiretamente ao parlamentar que tem mantido uma postura independente em relação ao governo, muitas vezes se colocando como o principal opositor.

Duarte entendeu que o recado dado ao MDB foi direcionado a sua postura na Assembleia Legislativa e enfatizou que o seu mandato e o da deputada Meire Serafim, também do MDB, e esposa do prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, estão respaldados em decisão da executiva estadual do partido.

Ele afirmou ainda que “as questões políticas, aliás como as demais questões que envolvam a governança do Acre, devem ser tratadas com maturidade, responsabilidade e equilíbrio e nos foros adequados”, disse o deputado dando a entender que o governador tratou o assunto de modo errado, por meio da imprensa. “Nada mudará a direção do mandato que os acreanos me outorgaram”, pontua Roberto.