Segurança confirma que PM foi baleado por assaltante de banco em Brasileia e envia reforço policial

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre, coronel Paulo Cézar, se pronunciou sobre o assalto a uma agência do Banco do Brasil na cidade de Brasileia durante a madrugada desta quinta-feira (29).

Segundo o secretário, “os infratores reagiram à ação policial com disparos de arma de fogo, sendo repelidos com o poder de fogo necessário pela guarnição policial”.

Ainda segundo o coronel, um dos policiais foi ferido durante a troca de tiros com os criminosos. Ele afirma ainda que a segurança enviou tropas especializadas de Rio Branco para apoiar as ações locais.

Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO – SISP/SEJUSP

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – SEJUSP, em nome do Sistema Integrado de Segurança Pública – SISP, vem a público prestar esclarecimentos sobre a explosão do caixa eletrônico do Banco do Brasil, ocorrido na madrugada desta quinta-feira, 29, no município de Brasiléia, na fronteira com a Bolívia, ao tempo que tranquiliza à sociedade, assegurando que todas as providências necessárias a captura dos envolvidos na ação criminosa já foram deflagradas.

Cumpre o dever de informar que a ação dos criminosos foi prontamente repelida por uma guarnição da Polícia Militar que chegou ao local logo após a explosão do caixa eletrônico, dando início a repressão ao ato criminoso dos envolvidos. Os infratores reagiram à ação policial com disparos de arma de fogo, sendo repelidos com o poder de fogo necessário pela guarnição policial.

Na ação, durante o revide e tentativa de fuga, um dos policiais militares foi atingido em um dos braços por um disparo de arma de fogo, ocasião que os infratores utilizando um veículo fugiram em direção ao bairro Samauma, sendo seguidos pela guarnição. Nesse bairro, abandonaram o automóvel e correram em direção a margem do Rio Acre, sentido Bolívia.

No momento estão sendo realizadas operações conjuntas com as Policiais Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal, com a finalidade de localizar e prender os criminosos. Além do envio imediato de tropas especializadas de Rio Branco para apoiar as ações locais. Foram montadas barreiras rodoviárias e estão sendo realizadas abordagens em pessoas e veículos, buscas em vias urbanas e rurais e cooperação com as forças de segurança da Bolívia.

Por fim, o Sistema Integrado reafirma seu compromisso em preservar a segurança, a ordem e a paz de nossa sociedade e solicita a compreensão e apoio da população para auxiliar no trabalho das forças de segurança do Estado, com o repasse de informações por meio do Disque-Denúncia (181).

Paulo Cézar Rocha dos Santos – Cel. PMAC