Suspeito de ter guardado dinamite usada em explosão em banco de Brasileia é identificado

Até o momento, nenhum dos quatro bandidos acusados de explodir o caixa eletrônico de uma agência do banco do Brasil em Brasileia, foi preso. As forças de segurança trabalham para conseguir prendê-los.

Por enquanto, um homem que teria guardado a dinamite utilizada pelos bandidos já foi identificado, o nome dele não foi divulgado pois a polícia ainda trabalha para verificar se ele teve outra participação no crime, além desta.

A proprietária do carro que foi utilizado pelos bandidos, um modelo VW/gol, placas LBK 6105, do município de Senador Guiomard também foi encontrada e já está sendo interrogada na delegacia de Brasiléia.

Entenda o caso

O assalto ocorreu na madrugada desta quinta-feira (28), os criminosos explodiram um caixa eletrônico usando dinamite. Eles estavam armados com metralhadoras e ao tentar fugir, foram perseguidos pela polícia e durante troca de tiros, acabaram ferindo um policial militar. Ele foi atingido no ombro, e passou por atendimento médico, o seu estado de saúde é estável.

Segundo o gerente do banco, o prejuízo foi apenas material, já que os bandidos não conseguiram levar o dinheiro. O atendimento na unidade bancária foi suspenso pelos próximos dias.

Leia mais: Armados com metralhadoras, bandidos explodem caixas de banco em Brasileia; PM é ferido

Com informações do site O Alto Acre