Rio Branco, Acre, 20 de janeiro de 2021

Ufac inaugura ‘NAI’ em Cruzeiro do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Com a finalidade de executar políticas e diretrizes de inclusão e acessibilidade para estudantes e servidores do campus Floresta, em Cruzeiro do Sul, a Universidade Federal do Acre (Ufac) entregou na manhã desta sexta-feira, 12, o Núcleo de Apoio a Inclusão (NAI) e o Núcleo de Assistência Estudantil.

Os núcleos terão como objetivo a inclusão do público da educação especial; agarantia das ações de ensino, pesquisa e extensão;o desenvolvimento de ações afirmativas no âmbito da instituição, garantindo igualdade e oportunidade aos estudantes que necessitem de atendimento especial.

A assessora da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes) no campus Floresta, Carla Coelho, declarou que a presença do espaço no campuscontribui para que os alunos tenhamacesso às ações da Proaes. Para a coordenadora do NAI em Cruzeiro do Sul, Maria Aldenora, é um privilégio a universidade receber alunos com deficiência. O NAI no campus Floresta atenderá, diretamente, 35 alunos matriculados na instituição.

Para o subprefeito do campus Floresta, Artheson da Cruz, a inclusão é um grande desafio para a sociedade e para a universidade em Cruzeiro. “As instalações executadas pela Ufac são passos grandiosos que a universidade está dando no caminho da acessibilidade, fazendo com que os alunos permaneçam na instituição”, disse.

De acordo a vice-reitora da Ufac, Guida Aquino, a gestão vem fortalecendo as ações de inclusão e acessibilidade. “Estamos no caminho certo. Esse é um espaço importantíssimo na nossa realidade; é um desafio que está posto e que estamos encarando de forma positiva a favor dos nossos alunos”, comentou.

O pró-reitor de Assuntos Estudantis, Antonio Pontes Júnior, declarou que é necessário ampliar as ações e a presença da assistência estudantil no campus. “A equipe em Cruzeiro tem se empenhado em levar as demandas até Rio Branco e a se desenvolver aqui no campus, enquanto NAI e Proaes”, destacou.

Para o reitor da Ufac, Minoru Kinpara, inaugurar uma instalação como a do NAI em Cruzeiro do Sul não se trata de um ganho somente para a universidade, mas para toda a sociedade acreana, principalmente para a comunidade cruzeirense. De acordo com Kinpara, as ações da Ufac visam proporcionar benefícios reais para estudantes, corpo docente, técnico-administrativos e a sociedade. Ele se referiu à assinatura do convênio para elaboração do projeto de construção do Hospital Universitário em Rio Branco. “Isso significa muito para a universidade, mas significa muito para a comunidade e para o Acre”, disse.

Quanto ao NAI no campus Floresta, o reitor reconheceu que há profissional de muita boa vontade, mas que, por vezes, não tinha apoio e condições necessárias para permitir que os estudantes tivessem inclusão de fato. “O que estamos fazendo é investir em contratação de profissionais, como intérprete de língua de sinais, além de adaptar e reorganizar nossas estruturas para dar possibilidade de um atendimento digno aos nossos estudantes”, concluiu.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.