Rio Branco, Acre, 5 de agosto de 2021

Diante do inevitável, Gladson Cameli muda o tom do discurso sobre a BR 364

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O verão amazônico já vai dando o seu adeus e as primeiras chuvas, ainda intermitentes e de menor intensidade, já criam atoleiros, prenunciando tempos difíceis na BR 364 para os meses que virão.

Como já havia sido predito nesta coluna, o cronograma de trabalhos foi iniciado tardiamente pelo DNIT, e o resultado foi que o ritmo da recuperação não foi suficiente para alcançar onde era necessário. Um dos trechos mais críticos e necessitados de recuperação – entre Tarauacá e o Liberdade – receberam um trabalho muito superficial. O resultado já está sendo sentido agora, com as primeiras e fracas chuvas que caem na região. A imagem é de atoleiros se formando com intensidade ainda maior do que antes.
Segundo o jornalista Chico Melo, que andou na BR no dia 2/09, motoristas que trafegam na estrada são unânimes em dizer que a mesma deve fechar durante o inverno. Veja aqui os vídeos.

Gladson que fez um oba-oba danado na cabeceira da ponte para anunciar o apoio do governo federal para a recuperação da obra, já começa a mudar o tom de seu discurso. Da arrogância de quem bateu no peito dizendo que ‘ia assumir o filho’ para a humildade de quem agora sabe que a palavra de um governo com 95% de rejeição não tem lá muita validade. Agora o senador já diz que ‘fará o possível’ para evitar o fechamento da BR. Tomara que consiga, embora seria mais produtivo se a bancada toda trabalhasse junta a fim de evitar esse fechamento. Mesmo que não chegue a fechar completamente, o próximo inverno já promete ser de altos preços nas prateleiros do comércio em Cruzeiro do Sul.

Lava Jato

Gladson comemorou o arquivamento do inquérito que havia sido aberto para investigar sua suposta participação no ‘quadrilhão’ – esquema de propinas em que o seu partido o PP esteve envolvido. Na rádio de sua família, onde fala o que quer diante de um apresentador domesticado, Gladson insinua que seu nome tenha sido citado por manobra de seus adversários. Isso não é verdade. A delação partiu do doleiro Alberto Youssef, o mesmo autor da maioria das delações, muitas das quais atingiram também o PT e o PMDB.

Voo Rasante

Voos rasantes de um avião da Ortiz Táxi Aéreo sob a cidade de Tarauacá trouxeram preocupação aos moradores. Teve gente que se revoltou com as manobras e o assunto foi para as redes sociais. Segundo moradores, o ‘passageiro ilustre’ seria o senador Gladson Cameli o que causou indignação entre os tarauacaenses. Uma fonte segura confirmou que o voo era de fato com o senador.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!