Rio Branco, Acre, 25 de julho de 2021

Polícia diz que CV coordenou onda de ataques na capital

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Um trabalho de investigação que durou aproximadamente três meses conseguiu chegar ao líder de dois ataques à bombas à caixas eletrônicos em um supermercado em Rio Branco. De acordo com a polícia, que apresentou os fatos coletados no trabalho de seus agentes na manhã desta sexta-feira (15), um homem identificado pelo nome de, Luiz Baranoski, seria o responsável por autorizar as explosões, tudo isso, dentro de um presídio na cidade de Cuiabá, capital do Mato Grosso.

Dois homens foram presos acusados de participarem do crime, Jackson de Jesus Veríssimo, de 29 anos de idade, e, Ewerton Rodrigues Lima, de 40 anos. Nas investigações ficou constatado que eles integram a facção criminosa Comando Vermelho – CV, organização do crime com atuação em todos os estado do país.

De acordo com o delegado Sérgio Lopes, a quadrilha é grande e organizada. “Nos próximos dias, esperamos prender outros dois criminosos que estão foragidos. Com parceria entre os estados acredito que em breve vamos estar apresentando essas pessoas”, disse o delegado Sérgio Lopes.

O caso segue sob a tutela das autoridades policiais.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.