Rio Branco, Acre, 30 de julho de 2021

Segurança pública deflagra mais uma operação para desarticular organização criminosa na Cidade do Povo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Pedro Paulo Assessoria/Sesp

As polícias Civil e Militar realizaram neste sábado (02), mais uma operação para desarticular uma organização criminosa que teria ligação com duas facções e que agia no bairro Cidade do Povo. Os mandados foram cumpridos também no bairro Cidade Nova, região do Segundo Distrito.

As equipes das forças de segurança do Estado cumpriram mandados de busca, apreensão e prisão. A ação realizada hoje é fruto de um trabalho de Inteligência realizado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e que detectou a existência de uma Organização criminosa com atuação na capital acreana.

Segundo o secretário de segurança Emylson Farias, que comandou a operação policial, durante as investigações, foram identificados alguns indivíduos que atuam realizando assaltos, tráfico de drogas e comércio de armas de fogo e munições na Cidade do Povo, maior empreendimento habitacional do Acre.

“Nós vamos continuar fazendo o nosso trabalho. E, o mais importante, as forças policiais vão continuar saturando este local. Veja que, nos últimos dias não tivemos nenhum evento grave na Cidade do Povo. Precisamos estender essas ações para outros locais, porém mantendo uma atuação firme aqui no bairro”, observou Emylson.

“A orientação do secretário Emylson Farias é para que a gente mantenha ações fortes para tirar infratores de circulação e que traga uma paz social, aqui para essa comunidade”, ilustrou o Evandro Teodoro, comandante do 2º BPMAC.

Foram presos: Juliana de Oliveira Melo, 24, (monitorada com pulseira eletrônica, por crime de roubo), Danilo Rodrigues da Costa, 27, também monitorado com pulseira eletrônica por roubo, André Cardoso da Silva, 27, (mandado de prisão por roubo), Milesson Nascimento da Silva, 24, (flagrante de posse ilegal de arma de fogo) e Renê Lins do Carmo, 25, (quebra de benefício judicial).

Em poder dos investigados a polícia apreendeu arma de fogo, munições, droga, dinheiro em espécie e câmeras de videomonitoramento, usadas por criminosos, para acompanhar a movimentação das polícias.

Participam da operação o Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar, Radiopatrulha (2ºBPMAC), equipes do DPCI (Departamento de Polícia da Capital e do Interior) da Polícia Civil, além de agentes de polícia de várias regionais da PC, na capital.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!