Rio Branco, Acre, 28 de julho de 2021

‘Não aceitava ouvir que era o pai’, diz PM sobre adolescente acusado de matar namorada com facadas em Guajará/AM

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Um crime hediondo foi registrado no município de Guajará, interior do Amazonas, no último final de semana. Um adolescente, de 16 anos, é considerado o principal suspeito de assassinar a própria namorada com facadas no pescoço, dentro da residência onde a vítima morava. Segundo a Polícia local, o jovem disse que cometeu o crime por não gostar mais da vítima e não aceitar ouvir que ele era o pai da criança.

Ainda de acordo com a Polícia Militar do município, o menor teria entrado pelos fundos da casa onde Maria foi encontrada e usado duas facas para cometer o crime.

“Uma testemunha disse que viu um suspeito e fizemos as buscas. Encontramos o adolescente na casa da mãe dele e conversando com a polícia. Ele confessou que cometeu o crime. Ele disse que entrou por trás da casa”, explicou Anderson Farias, tenente da PM amazonense.

A mãe da jovem, Ângela Maria da Silva, de 36 anos, afirma que a filha estava feliz com a gravidez e que o nascimento do bebê era esperado por toda a família. “Mataram ela e a criança, as duas inocentes. Vou atrás da Justiça, não tinha porque fazer isso com ela”, lamenta emocionada a mãe.

A mãe de Maria ainda afirmou que nunca imaginou que o adolescente fosse capaz de matar a filha e pede justiça. “Minha filha era uma pessoa boa”, finaliza.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!