Rio Branco, Acre, 27 de setembro de 2020

Homem morre nos corredores da Cidade da Justiça em Cruzeiro do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O cadeirante José Luiz, de 45 anos, morreu após passar mal durante uma audiência de interdição, nesta terça-feira (11), no Fórum Cível da comarca de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre.

O juiz Hugo Torquato, que fazia a audiência, informou que o homem, que é cadeirante, estava acompanhado da irmã, que era a cuidadora dele. Segundo o juiz, a parada cardíaca foi “repentina” e ele foi atendido inicialmente pela enfermaria do fórum.

“A audiência ocorreu com normalidade e o processo foi sentenciado no mesmo ato. Enquanto aguardavam a lavratura do termo de curatela, José Luiz apresentou sinais de parada cardíaca. O serviço de enfermaria do fórum prestou os primeiros socorros a José Luiz, que chegou a apresentar sinais vitais, mas sofreu nova parada e, infelizmente, veio a óbito”, disse o magistrado.

O coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em exercício de Cruzeiro do Sul, Alexander Higuchi, disse que a equipe foi informada de que o homem estava sentindo uma dor no peito desde o início da manhã. O Samu foi ao local em uma ambulância avançada e com um médico.

“Possivelmente, ele teve um infarto evoluindo para uma parada cardiorrespiratória. Nesse caso, os familiares acionam uma funerária para que seja feito o transporte do corpo, bem como a preparação. O Samu não faz esse tipo de transporte, porque pode ter uma outra ocorrência no meio do caminho e ter que atender”, explicou o coordenador.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.