Mulher de preso denuncia que presídio não está emitindo certidões carcerárias

Ângela Maria do Nascimento procurou o Juruá em Tempo para denunciar uma situação que está acontecendo no presídio de Cruzeiro do Sul.

Assim como ela, outras famílias sobrevivem apenas do benefício pago pelo Governo Federal. Porém, para garantir o pagamento, a cada três meses as famílias precisam entregar uma certidão carcerária no INSS.

O documento comprova que a pessoa continua presa e que a família precisa do dinheiro.

“ A cada três meses temos que pegar certidões pra entregar no INSS, e eles não estão entregando. Nós vivemos dessa pensão que o governo paga e não estamos conseguindo pegar as certidões. Por isso, estamos sem receber”.

Procurado para falar sobre o caso, a direção do presídio Manoel Neri da Silva não respondeu nosso contato até a publicação desta matéria.