Rio Branco, Acre, 24 de setembro de 2020

Neymar é um dos três casos de coronavírus confirmados no PSG

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O atacante Neymar é um dos três jogadores do Paris Saint-Germain que testou positivo para o coronavírus. O ge confirmou com pessoas próximas ao craque. O brasileiro chegou em Ibiza na quinta-feira da semana passada, começou a se sentir mal no sábado e retornou a Paris no domingo. O jogador se encontra bem no momento.

O pai de Neymar e o filho do atacante, Davi Lucca, também foram infectados. O único assintomático foi o menino de nove anos.

O PSG revelou nesta quarta que três jogadores do elenco foram infectados, um dia antes da reapresentação para a temporada 2020/21. O clube não divulgou os nomes, mas segundo o jornal “L´Equipe”, os outros dois atletas além de Neymar são Di María e Paredes.

“Três jogadores do PSG deram positivo no teste Sars CoV2 e estão sujeitos ao protocolo de saúde apropriado. Todos os jogadores e funcionários continuarão a realizar testes nos próximos dias”, diz o comunicado do clube de Paris.

View this post on Instagram

Squad 🤟🏽

A post shared by ene10ta Érre 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) on

De acordo com o protocolo sanitário da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) em vigor, os jogadores com resultado positivo devem permanecer em quarentena por 14 dias.

Por conta disso, esses jogadores ficarão fora da partida de estreia do PSG no Campeonato Francês , contra o Lens, no dia 10 de setembro.

O protocolo em vigor estabelece ainda que a partir de quatro casos detectados em oito dias consecutivos (entre jogadores e comissão técnica), não são mais permitidos treinos coletivos, o que pode levar ao adiamento de partidas.

Após o duelo com o Lens, o PSG recebe em casa o Olympique de Marselha, no dia 13 de setembro.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.